domingo, 13 de fevereiro de 2011

Já fez sua leiturinha hoje?/Em defesa dos best-sellers

     Tem gente que não gosta de ler.
     Não consigo entender isso...
     Verdade!
     
     Nunca precisei que ninguém ficasse marcando em cima, dizendo que eu tinha que ler isso, ler aquilo, "Vai na biblioteca, fulaninha, pelamordedeus"!
     Em casa, quando eu era pequena, estava sempre com gibis e livros a mão (eu amava minha coleção "Uma história para cada dia", da Disney! Adorava ler as ilustrações!) 

     Na escola, não lembro das minhas professoras lerem para a turma, nem na Educação Infantil, muito menos nas Séries Iniciais... Elas nos largavam na biblioteca, mas incentivar que é bom..

      Uma das recordações mais felizes que tenho é da minha professora da 5ª Série, hoje 6º ano, lendo para quase 40 pré-adolescentes em voz alta! Ah... Aquilo que era bom! Alguém para dar o exemplo! Foi a época do meu livro preferido "A creche mal assombrada"! Perdi a conta de quantas vezes li!

      Os demais anos das Séries Finais ficaram marcados pela série Harry Potter. Não que os livros tivessem entrado na escola alguma vez, lógico! "Onde já se viu uma coisa dessas? Incentivar a leitura? Pra quê?!" 

      Logo em seguida, Tolkien ressussitou com seu "O Senhor dos Anéis", Tróia estreou no cinema e deu uma ajudinha a Cláudio Moreno e, entre bruxos, elfos, gregos e troianos eu ainda tinha tempo para um Shakespeare básico e um Dom um tanto casmurro.

     E aí resolveram que um mocinho de meia idade podia ser tudo o que se precisava para mudar um pouco a rotina dos personagens em voga, e Robert Langdon aterrissou no Brasil com tudo, vendendo mais que milho no veraneio gaúcho, irritando muita gente grande pelo mundo a fora! (Gente grande leia-se: Igreja Católica e Harold Bloom. Se bem que Harold Bloom não é grande... Pensa que é!) É Dan Brown na área!

     Estando o mundo fantástico um tanto parado após "As relíqueas da morte" (tem gente que acredita na adolescência A.HP e D.HP - tive a sorte de pegar essa década!), o cenário estava propício a algo novo (eu, pelo menos, berrava por algo novo. A coisa estava tão parada que dava para ver os rolos de feno voando nas livrarias): da verde e chuvosa Forks, uma releitura de uma das criaturas místicas mais aclamadas: vampiros. Eis a saga "Crepúsculo"!

     No embalo (eu já escrevi o quanto autores infanto-juvenis podem ser oportunistas quando querem?), uma enxurrada de títulos com temática e fórmula em comum (adolescentes um tanto "diferentes" + escola + amor proibido) abarrotam estantes (abarrotar? Não! Melhor: somem das estantes!) físicas e virtuais. Nunca se viu tantos eventos de lançamentos, promoções, concursos culturais e blogs inteiros dedicados às séries! SÉRIES, porque hoje, se você quer escrever uma história, tem que pensar, no mínimo, numa trilogia! Ah! E já cogitar a probabilidade de vender os direitos para o cinema, lógico! É a roda do capitalismo, sempre girando!

     O lado bom de todo esse marketing massivo (não vá ver só o negativo, seu chato, pessimista, nojento!) é que a leitura fica muito mais variada e mobiliza muita gente! Best-seller ou não, vampiros, lobisomens, bruxos, anjos, demônios, mediadores, simbologistas, gueixas, investigadores criminais, ou sei lá que praia é a sua, o importante é ler! Antes um livro dentre os dez mais vendidos do que só resumo de novela no jornal ou fofoca dos famosos, né? Vamos por o cérebro para funcionar, gurizada!

      Se você não é muito adepto à letura, fica o convite! Temáticas é o que não faltam, muito menos estilos de escrita, autores, apelos...

      Falando sério, acredite quando eu digo que ler não dói, não gasta os olhos nem é tempo perdido. Sem contar que você nem precisa gastar comprando, se esse é o seu problema: tem sempre um vizinho ou parente que pode te emprestar ou, quem sabe, você pode descobrir que, olha só, que mágico, sua escola ou faculdade tem uma biblioteca e, pasme, ela faz empréstimo de livros! :O


Acima, alguns dos meus best-seller preferidos!


A grande pergunta que fica é:
E aí, já fez sua leiturinha hoje?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...