terça-feira, 23 de agosto de 2011

Uma história para ser apreciada por quem consegue sonhar: "Dragões de Éter"

Boa noite!
Como vai você?

     Hoje vou compartilhar um pouco sobre minha atual leitura! Uma série mágica. Sublime. Encantadora. E o melhor de tudo? Brasileira! Alguém aí já viajou à Nova Ether?





"Caçadores de Bruxas"
Autor: Raphael Draccon
Editora: Leya
Série "Dragões de Éter": "Caçadores de Bruxas", "Corações de Neve" e "Círculos de Chuva"


Resumo (livro 1):


"Nova Ether é um mundo protegido por poderosos avatares em forma de fadas-amazonas. Um dia, porém, cansadas das falhas dos seres racionais, algumas delas se voltam contra as antigas raças. E assim nasce a Era Antiga. Essa influência e esse temor sobre a humanidade só têm fim quando Primo Branford, o filho de um moleiro, reúne o que são hoje os heróis mais conhecidos do mundo e lidera a histórica e violenta Caçada de Bruxas. Primo Branford é hoje o Rei de Arzallum, e por 20 anos saboreia, satisfeito, a Paz. Nos últimos anos, entretanto, coisas estranhas começam a acontecer..."

Comentários:
     Sinceramente, eu não esperava ler "Dragões de Éter" tão cedo! Tinha outras leituras em mente! Porém, como minha vizinha me emprestou o primeiro livro, porque não estava evoluindo na leitura, resolvi dar uma chance a ele em uma noite em que não tinha para fazer e... My gosh!! Como eu poderia saber que era tão bom?

     Só para ter uma ideia: eu adoro contos folclóricos! Os acho extremamente ricos e interessantes por terem se originado e, por muito tempo, terem sido repassados pela tradição oral. Esse tipo de literatura me fascina, e procuro, sempre que posso, buscar exemplares para comprar e ler - não necessariamente nessa ordem!! ^^
Imagina como fiquei quando comecei a ler "Caçadores de Bruxas" e me deparo com a história de dois irmãos e uma maldita casa feita de doces!!


     A história, como você logo percebe às primeiras páginas, contém vários núcleos, os quais o autor consegue, com maestria, fazê-los reunir-se à hora certa. Conforme você avança na leitura, Nova Ether vai se revelando, ao mesmo tempo, familiar e surpreendente! Isso porque, como escrevi um pouquinho acima, aqueles contos tão famosos que você ouvia e lia, assim como muitas crianças, de muitos lugares e épocas diferentes também o fizeram, vão aparecendo, ganhando vida e, quando pensa que consegue adivinhar o próximo passo... Há!! Quem disse que não poderia haver uma versão um pouco diferente? 

     Entre uma variação aqui e uma referência ali, Raphael Draccon vai tecendo uma história rica e belíssima, aberta à filosofia, ao encantamento e ao sonho, enquanto se consagra como um dos melhores escritores brasileiros contemporâneos. Pois um mundo onde o Reino dos Reinos é governado por um monarca que subiu ao trono após uma vida simples como moleiro, que tem dois príncipes muito diferentes como filhos, e uma esposa não-humana, como poderia ser igual a qualquer outro? Um mundo em que uma menina luta para não ter de lembrar como passou, da noite para o dia, a ser reconhecida por conta da cor de seu chapéu, e onde existem os piratas mais cruéis e sedentos por poder que você já ousou imaginar? Onde bruxas ainda existem, há se existem, e seus caldeirões borbulham lenta e gradualmente? Onde nem tudo o que parece é e há mais segredos escondidos do que possa cogitar?

      Bem-vindo(a) a Nova Ether! Desfrute da paisagem, abra sua mente, respire fundo e segure minha mão. Não tenha medo! Nossa viagem começa dentro de três momentos...

Um.

Dois.

Três!







P.S.: Nada mais justo que uma postagem sobre "Dragões do Éter" com imagens de, ora, dragões! Procurei na internet esses, que foram feitos para as capas dos livros, e dei uma incrementada no PicNik, com o filtro "Texturas Especiais". Acho que o resultado final combinou com a proposta do título da postagem!

Ah! A imagem da Casa de Doces é de um banner para o filme "Hensel and Gretel:  Witch Hunters", prevista para estreia no primeiro semestre de 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...