quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Inspiração do dia!

Prelude for cello
(Suite Nº 1 in G Major, BWV 1007)
 J. S. Bach

Shimizu Keiichi, do anime "La Corda D'Oro", e sua tocante interpretação!




     Caso você tenha interesse, pode baixar a partitura para violoncelo, viola e violino aqui! Também há uma cópia da mesma em meu espaço no SlideShare!







terça-feira, 30 de agosto de 2011

Inspiração do dia!

Soneto XXX


Quando invoco, em sessão da mente suave e quieta,
A memória e revejo os meus tempos vividos,
De muita coisa amada a falta me inquieta
E com velhos ais choro os meus anos perdidos.
Vêm-me aos olhos, a flux, lágrimas desusadas
Por amigos que a noite infinita da morte
Oculta, e outra vez sofro agruras já aplacadas
Que a saudade renova, anuviando-me a sorte.
Sucumbido, afinal, da velha pena à afronta
Repasso, com o amargor que em minha alma recresce,
Das queixas de outro tempo a malfadada conta
Paga de novo, enfim, como se inda devesse.
Mas, quando penso em ti, meu caro amigo, esqueço
Minhas perdas, e já nenhuma dor padeço.

WillIiam Shakespeare



segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Inspiração do dia: ''Diálogo Sobre Sonhos''

Leia, sinta, reflita, transforme-se!



- Você é tipo o quê? Um contador de histórias?
- Não, um vendedor de sonhos.
- Um vendedor de sonhos? Mas… o que diabos você faz?
- Eu vendo.
- Mas o quê?
- Sonhos.
- Mas… quem precisaria comprar sonhos?
- As pessoas.
- Mas que pessoas?
- As que não sonham.
- Mas todo mundo sonha, não?
- Todos gostariam com certeza.
- Mas como você vende sonhos pras pessoas?
- Com histórias.
- Mas você disse que não é um contador de histórias!
- Mas eu não sou.
- Mas você não DISSE?
- Não, eu disse que sou um vendedor de sonhos…
- Tá bom, cacete! Então me explica qual a diferença entre um contador de histórias e um vendedor de sonhos.
- Essa é uma boa pergunta. Na realidade, um contador de histórias leva um sonho para uma pessoa pelo período de tempo em que ele conta uma história…
- E o vendedor de sonhos?
- Já esse, meu amigo, esse faz com que, através de uma história, a pessoa repense seus próprios conceitos filosóficos, e então sonhe por si própria…
- E por quanto tempo?
- Pelo resto da vida dela…



"Diálogo Sobre Sonhos", por Raphael Draccon
(Originalmente disponível aqui!)


Midori Sakura no blog do Raphael Draccon!

Boa tarde!!

Como vai você? 

     Bem, deixa eu compartilhar uma coisa muuuuuuuuito legal com você!! Na real, eu queria ter escrito ontem, quando descobri, mas... Acho que ainda estava em estado de choque!!! xD Aqui vai então: o post que escrevi sobre "Dragões do Éter" está no blog do autor, Raphael Draccon!!! 

     Você não tem noção do quanto eu fiquei absurdamente feliz com isso!! Porque, poxa vida, escrever algo de forma tão despretensiosa e, de repente, ter isso citado e postado no espaço pessoal de um dos seus autores favoritos?? É de, no mínimo, ficar com os olhos marejados!! Que sonho!!!

     Para quem quiser conferir, clique sobre a imagem abaixo!!



     Desejo, de todo o coração, que você um dia possa sentir o que estou sentindo!

     Obrigada por ler!
     E até a próxima, como sempre!

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Uma história para ser apreciada por quem consegue sonhar: "Dragões de Éter"

Boa noite!
Como vai você?

     Hoje vou compartilhar um pouco sobre minha atual leitura! Uma série mágica. Sublime. Encantadora. E o melhor de tudo? Brasileira! Alguém aí já viajou à Nova Ether?





"Caçadores de Bruxas"
Autor: Raphael Draccon
Editora: Leya
Série "Dragões de Éter": "Caçadores de Bruxas", "Corações de Neve" e "Círculos de Chuva"


Resumo (livro 1):


"Nova Ether é um mundo protegido por poderosos avatares em forma de fadas-amazonas. Um dia, porém, cansadas das falhas dos seres racionais, algumas delas se voltam contra as antigas raças. E assim nasce a Era Antiga. Essa influência e esse temor sobre a humanidade só têm fim quando Primo Branford, o filho de um moleiro, reúne o que são hoje os heróis mais conhecidos do mundo e lidera a histórica e violenta Caçada de Bruxas. Primo Branford é hoje o Rei de Arzallum, e por 20 anos saboreia, satisfeito, a Paz. Nos últimos anos, entretanto, coisas estranhas começam a acontecer..."

Comentários:
     Sinceramente, eu não esperava ler "Dragões de Éter" tão cedo! Tinha outras leituras em mente! Porém, como minha vizinha me emprestou o primeiro livro, porque não estava evoluindo na leitura, resolvi dar uma chance a ele em uma noite em que não tinha para fazer e... My gosh!! Como eu poderia saber que era tão bom?

     Só para ter uma ideia: eu adoro contos folclóricos! Os acho extremamente ricos e interessantes por terem se originado e, por muito tempo, terem sido repassados pela tradição oral. Esse tipo de literatura me fascina, e procuro, sempre que posso, buscar exemplares para comprar e ler - não necessariamente nessa ordem!! ^^
Imagina como fiquei quando comecei a ler "Caçadores de Bruxas" e me deparo com a história de dois irmãos e uma maldita casa feita de doces!!


     A história, como você logo percebe às primeiras páginas, contém vários núcleos, os quais o autor consegue, com maestria, fazê-los reunir-se à hora certa. Conforme você avança na leitura, Nova Ether vai se revelando, ao mesmo tempo, familiar e surpreendente! Isso porque, como escrevi um pouquinho acima, aqueles contos tão famosos que você ouvia e lia, assim como muitas crianças, de muitos lugares e épocas diferentes também o fizeram, vão aparecendo, ganhando vida e, quando pensa que consegue adivinhar o próximo passo... Há!! Quem disse que não poderia haver uma versão um pouco diferente? 

     Entre uma variação aqui e uma referência ali, Raphael Draccon vai tecendo uma história rica e belíssima, aberta à filosofia, ao encantamento e ao sonho, enquanto se consagra como um dos melhores escritores brasileiros contemporâneos. Pois um mundo onde o Reino dos Reinos é governado por um monarca que subiu ao trono após uma vida simples como moleiro, que tem dois príncipes muito diferentes como filhos, e uma esposa não-humana, como poderia ser igual a qualquer outro? Um mundo em que uma menina luta para não ter de lembrar como passou, da noite para o dia, a ser reconhecida por conta da cor de seu chapéu, e onde existem os piratas mais cruéis e sedentos por poder que você já ousou imaginar? Onde bruxas ainda existem, há se existem, e seus caldeirões borbulham lenta e gradualmente? Onde nem tudo o que parece é e há mais segredos escondidos do que possa cogitar?

      Bem-vindo(a) a Nova Ether! Desfrute da paisagem, abra sua mente, respire fundo e segure minha mão. Não tenha medo! Nossa viagem começa dentro de três momentos...

Um.

Dois.

Três!







P.S.: Nada mais justo que uma postagem sobre "Dragões do Éter" com imagens de, ora, dragões! Procurei na internet esses, que foram feitos para as capas dos livros, e dei uma incrementada no PicNik, com o filtro "Texturas Especiais". Acho que o resultado final combinou com a proposta do título da postagem!

Ah! A imagem da Casa de Doces é de um banner para o filme "Hensel and Gretel:  Witch Hunters", prevista para estreia no primeiro semestre de 2012.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Para o seu dia ficar mais feliz: Kibou no Kakera!

      Olha, eu já curtia essa música da cantora Nana Kitade!! Além de achar ela uma fofa, seus outfits lolita ou inspired lolita são lindoooos!! Uma inspiração!! Imagina a minha surpresa, então, quando li a tradução de Kibou no Kakera e vi que era ainda mais inspiradora?

     Fica então a letra traduzida (tomei a liberdade de corrigir algumas coisinhas!) e o link para o vídeo da música, que você acessa clicando sobre o título em japonês!!



:fairy: 

                           Fragmentos de Esperança







Deixe-me mostrar-lhe algo
Então escute sem rir
Esta é a fantástica história deste mundo

Me pergunto: por que o céu é azul?
Ou as árvores verdes?
E o sol, por que
É sempre tão radiante?

Estou segura de que estas
Palavras complicadas não são necessárias
Para explicar essas coisas
Porque nós podemos senti-las com nossas mãos

Agora comece a ter apenas sonhos
Onde não há desejos que não podem tornar-se realidade
Em vez de ideais que são fáceis de obter
Lembre que isso que você realmente quer está ali fora

Você quer chorar, mas não pode
Se chorar, limpe suas lágrimas
Porque penso que um rosto sorrindo é mais bonito, não acha?
Mas farei com que me conte tudo

Ei, olha! Neste mundo
Não há nada que não possa me contar
Te surpreenderás muito, que podes realizar

Por ali está
A luz dos fragmentos da esperança
Está dispersa
E piscando em inumeráveis ocasiões

Portanto, se você ainda tem a intenção
De aprender essas coisas
Grave bem na cabeça
Ou ficará sem poder conhecer nada

Agora, estou segura de ter amado
Pois esse amor parece não terminar
Não precisa de nada mais que isso
Porque não encontrará nada como isso de novo

Se está assustado, estarei ao teu lado
Se estou contigo, por favor não chore
Porque penso que um rosto sorrindo é mais bonito, não acha?
Porque quero que fique sorrindo

Sentimentos oprimidos
Voam livremente pelo céu
Quando for o momento para que sejam livres
Podias sorrir pra mim?

Agora comece a ter apenas sonhos
Onde não há desejos que não podem tornar-se realidade
Porque estamos correndo rumo a um futuro incerto
Por isso estarei aqui, nunca te abandonarei

Se está mensagem te alcançar, pegue-a com o coração
Quando te alcançar, abrace-a até o impossível
Já há muitas coisas tristes neste mundo, não acha?

Então sorria agora




:heart1:





Que você possa tirar algo de positivo dela e levar para sua vida!!

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Matchbox: caixinha de fósforos luxuosas!

Boa noite!!
Tudo bem?!


     Hoje, novamente na internet, encontrei umas coisinhas muuuuito fofas: as famosas (ou nem tanto) matchboxes!! A primeira imagem que vi foi esta, do blog "Altered Meditations":




     Eu achei uma ideia linda e muito criativa, apesar da simplicidade!! A autora do blog que as fez escreveu que se inspirou em Marie Antoinette!!

     Por mais que dê para visualizar claramente como esse tipo de caixinha é feita, eu fui atrás de tutoriais que pudessem mostrar algumas variações, tanto nos detalhes adicionados, quanto na própria base para ela. Estes três foram os que achei mais interessantes:

A partir de uma caixinha de fósforo pronta! Papel para scrapbook, cortadores de papel e um mini "puxador" foram usados para criar esta "caixinha-gaveta" personalizada!! Clique sobre a imagem para acessar ao tutorial! Você vai adorar as ideias desse blog!


Quer fazer sua própria caixinha, sem usar uma de fóforos como base? Tudo bem! Clique sobre a imagem a seguir para saber como a dona desse blog super recomendado para fãs de scrap faz as dela e, de quebra, veja algumas inspirações, como esta:


Quer um molde pronto para imprimir e sair fazendo sua caixinha? Acho que você sabe o que fazer, não é?



     Inspiração?! Por favor, confira os trabalhos de Lisa Laughs no Flickr!! Prévia:


     Espero que esse post seja proveitoso para você e lhe renda bons momentos, caso resolva por em práticas as ideias mostradas aqui!

     Até a próxima!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...