quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Chapelaria lolita: tutoriais


Boa tarde!!


     Olha, eu estou há realmente algum tempo para postar isto aqui! É mais um daqueles posts "pós-tópico" no fórum Moda Lolita! 
     O fato é que é que não posso esconder um certo desapontamento: os tutoriais a seguir são ótimos, foram pesquisados com carinho, e muitas meninas deram respostas positivas, postando, inclusive, os chapéus que fizeram baseados neles. 
     Por que então o tom de "mimimi"? Esclarecendo: eu não queria apenas lincar os tutoriais... Eu queria poder trazer um pouco da história da chapelaria feminina e, daí, o uso na moda lolita. Mas não consegui encontrar artigos nem suficientemente bons para escrever a partir, nem muito menos com referências. Pode parecer ranço acadêmico, mas eu odeio ver 1008893778267672361 vezes o mesmo "artigo" citado em 74732467627463 blogs por aí...
     O que fazer então? Vou colocar os tutoriais sem introdução ou comentários históricos. Ao menos por agora. Acho que a necessidade de "diy"s para chapéus usados em lolita é maior do que a minha preocupação por fundamentação!


     Explicações à parte, são seis modelos de chapéus apresentados a seguir, sendo:


Full e Half bonnet:
     Levando em consideração a decoração, full e half bonnets podem ser usados em outfits classical, gothic e sweet lolita. 


 
Bonnets das brands "Baby, The Stars Shine Bright", "Alice And The Pirates" e "Angelic Pretty"

Cancan/boater hat: 
     Podem estar entre peças de outfits classical, country e sailor lolita.


Boater hat da "Angelic Pretty"

Sailor beret e Sailor hat:
     Boinas podem ser usadas em vários subestilos, e representam uma opção a mais, ao lado dos sailor hat, para outfits sailor lolita.


Sailor beret da "Metamorphose" e sailor hat da "Alice And The Pirates"


Tricorn hat:
     É uma das peças mais características para compor um outfit pirate lolita!


Tricorn hat da "Alice And The Pirates"




     Bem, é isso!! Para acessar aos tutoriais a seguir, por favor, clique sobre as imagens, ok?

Full bonnet
     Para fazê-lo, você vai precisar de: um chapéu de palha!! E fica muito bonito!! Eu escolhi indicar um tutorial de um site em específico (http://www.darlinganddash.com/), pois este já traz a explicação de como encapá-lo com tecido. 





Half bonnet
     Simplesmente genial: feito a partir de um chapéu que lembra bastante a uma viseira!! Tutorial feito por Akatsuki, uma usuária do fórum LolitaFashion.org.



Cancan/boater hat
     Novamente, a partir de um chapéu de palha! O tutorial foi desenvolvido pela hime gyaru Violet (http://www.violetlebeaux.com/), cujo blog tem muuuuuita coisa para se inspirar e fazer!!



     Caso a aba do chapéu que você está transformando em boater seja um pouco grande, ou o próprio chapéu esteja largo em sua cabeça, dê uma olhada nesta outra dica da Violet!



Sailor beret
     Com certeza, a boina de marinheiro representa uma alternativa a mais para as meninas que pensam fazer um outfit sailor lolita!! Este tutorial ensina a fazer um modelo parecido aos da Metamorphose! Acho que vale a pena tentar!




Sailor hat
     Este tutorial foi postado na EGL, pela usuária Qui_. Dá uma boa ideia de como se costura um mini sailor hat, que pode ser adaptado para um tamanho maior. Eu espero que realmente possa ser útil a alguém!!




Tricorn hat
     Já postei o tutorial aqui no blog, mas vou aproveitar a oportunidade e mencioná-lo novamente! Infelizmente, não há o nome da pessoa quem o desenvolveu, de forma que não sei como creditar o trabalho. Enfim, se usarem o tutorial, recomendem-no!


     Espero que possa ter sido proveitoso a alguém!!

     Para ler mais sobre os subestilos, por favor, acessem estes artigos da Ichigo, do blog Reino de Morango, que abordam suas características, fazem um levantamento de acessórios utilizados e trazem imagens de referência, e este post da Alice, do Suit Kingdom, que resume muito bem a ideia de cada um dos subestilos!
     
     Boa sorte e até a próxima! ^^

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Dorama: Ouran High School Host Club!

Olá!! 
Tudo bem?!

     Decidi essa semana abrir uma nova tag aqui no blog para postar pequenas resenhas sobre doramas! Estou começando a me aventurar no vasto mundo das séries asiáticas e, sobre as poucas que eu já vi, pretendo escrever um pouquinho sobre elas! Para começar, nada melhor que ser recepcionado por um famoso grupo de anfitrões, não é mesmo?

(Imagem do site oficial em japonês)

"Ouran High School Host Club"
Título original: 桜蘭高校ホスト部
País de procedência: Japão
Ano de lançamento: 2011
Estúdio: TBS
Número de episódios previstos: 11

Atores:
Yusuke Yamamoto como Tamaki Suou
Haruna Kawaguchi como Haruhi Fujioka
Shusuke Daito como Kyoya Ootori
Yudai Chiba como  Haninozuka Mitsukuni
Masaya Nakamura como Morinozuka Takashi
Shipei Takagi e Manpei Takagi como os gêmeos Hikaru e Kaoru Hitachiin
Ryo Ryuusei como Umehito Nekozawa

Resumo:
     Haruhi Fujioka conseguiu uma bolsa para estudar na escola Ouran, uma instituição cara, frequentada quase que exclusivamente por "bem-nascidos". 
     Em meio a tantos estudantes esnobes, ela queria apenas se sair bem nos estudos. Um dia, quando procurava por um lugar silencioso para estudar, subiu ao terceiro andar do prédio e encontrou uma sala de música. Pensando ser propício, entrou e acabou descobrindo algo muito bizarro: um Clube de Anfitriões - no original, Host Club -, formado por seis rapazes. Na pressa por sair dali, acabou topando com um vaso e o deixando cair, espatifando-o em mil pedaços.
      Com uma dívida de - apenas! - 8 milhões de yenes, o líder do club, Tamaki Suou, resolveu que Haruhi deve trabalhar como um anfitrião a fim de pagar o valor do vaso! Para isso, ela precisa se passar por menino! E, claro, agir como o mais autêntico host!

Comentários:
     A história de Ouran High School Host Club é originalmente contada em mangá, lançado a partir de 2003, pela mangaka Hatori Bisco. A versão em anime, que foi à qual tive contato primeiro, foi produzida no ano de 2006. E este ano, Haruhi, Tamaki e a turma do clube mais louco de Ouran ganharam uma versão live action, contando, até agora, com 10 episódios (a previsão é de 11 capítulos). Pela boa aceitação por parte do público, OHSHC vai virar filme, com data de lançamento para 17 março de 2012! Confira o teaser clicando aqui!

     Posso dizer que, como nunca havia visto doramas antes, eu achei, no mínimo, estranha essa versão com atores! Eu havia acompanhado, por acaso total, a escolha dos atores, e fiquei pensando... "Será que isso vai prestar?"
     SIM, claro que prestou! Passado o "baque" inicial, resolvi abrir a mente e me jogar nessa nova leitura da história! E estou amando! Todas as expressões exageradas abordadas no anime são muito bem retratadas no dorama!

     Por enquanto, só tenho pontos positivos a destacar! Alguns que me ocorrem agora:
✰ o fato de os capítulos não coincidirem com os episódios do anime é interessante, pois, caso contrário, seria apenas uma transposição da animação para live action. Isso faz com que a história ganhe agilidade e que se possa ver outros aspectos não tão explorados na animação;

✰ com essa pré-seleção de capítulos a serem adaptados, personagens que não tinham grande participação ganham espaço. É o caso de Nekozawa-senpai, como é plenamente percebível, já nas imagens de divulgação do dorama;

✰ não sei se pareceu a mais alguém, mas, talvez por eu ver pessoas atuando, eu me senti muito mais tocada pela história e fiquei bastante comovida com a forma como os conflitos estão sendo apresentados pelos atores. Por exemplo: estou gostando muito mais do Tamaki do dorama do que o do anime, porque acredito que o ator está conseguindo trabalhar de uma forma muito competente tanto o lado hilário do personagem, como também a parte mais dramática. O dorama está conseguindo evidenciar bastante o quanto Tamaki busca desesperadamente por um espírito de família, por se sentir, de alguma forma, parte de uma família. Enfim, deu para perceber que esse é meu personagem preferido, então, vou ficar por aqui... ^^

     Ouran, como escrevi anteriormente, é o primeiro dorama que assisti (na realidade, estou assistindo, já que ainda não terminou). A impressão que tenho é das melhores, de forma que recomendo muito, tanto a quem leu o mangá, quanto àqueles que viram o anime, quanto também para quem não conhece maiores detalhes da história! Por ter comédia, romance e drama, acho que agrada a todos os públicos! Fica a dica!



Até a próxima!!

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Inspiração do dia: "Star"!

      Terminando a semana, nada melhor que uma música para deixar tudo mais leve!!
    A inspiração do dia é "Star", de Kang Min Hyuk, que faz parte da trilha sonora do dorama coreano "Heartstrings" (em breve pretendo fazer uma pequena resenha sobre ele!), música bem interpretada e com uma letra muito simples, mas igualmente bela!!










Estrela


Aquela estrela que brilha no céu,
Aquela estrela que brilha muito longe de mim,
Deve ter chegado ao meu coração.

Aquela estrela gravada em meu coração,
Aquela estrela que brilha em meu coração,
Penso que poderia ser você.

Pode me escutar tremer?
Oh estrela,
Pode sentir meu coração arder?
Você é minha estrela!

Desde muito tempo atrás,
Sei que você é o amor
Que eu estava sonhando,
Vamos estar sempre juntos.

Inclusive se o tempo passar,
Espero que brilhe no mesmo lugar,
Meu coração, apenas darei a você.

Aquela estrela gravada em meu coração,
Aquela estrela que brilha em meu coração,
Penso que poderia ser você.

Pode me escutar tremer?
Oh estrela,
Pode sentir meu coração arder?
Você é minha estrela!

Desde muito tempo atrás,
Sei que você é o amor
Que eu estava sonhando,
Vamos estar sempre juntos.

Inclusive se o tempo passar,
Espero que brilhe no mesmo lugar,
Meu coração, apenas darei a você.

A estrela gravada em seu coração,
A estrela que brilha em seu coração,
Espero ser eu, te amo para sempre.

Meus olhos só te olham,
Oh, seus olhos só olham para mim?
Vamos ser a estrela um do outro.

     Tradução originalmente aqui!
     Até a próximaaaa!!

sábado, 17 de setembro de 2011

Penteados Inspirados: tranças e cachos!

Boa tarde!!

     Nesta postagem, alguns tutoriais do super 'mão na roda' YouTube!
     Tenho que confessar, muito do que eu aprendi sobre maquiagem e penteados - e origami!! XD - foi assistindo a vídeos disponíveis no YouTube! É uma variedade imensa, e dá para passar horas vendo ideias originais e variações das mais loucas!

     Como recentemente postei links para alguns tutoriais muito legais de acessórios vintage, além de ter trazido algumas outras imagens de uma moda japonesa que eu adoro - dolly kei - resolvi procurar alguns penteados que poderiam inspirar outfits interessantes!!
     Selecionei sete vídeos a princípio! São penteados estilosos e bem diferentes para cabelos curtos, médios e longos! Vamos a eles?!


     Este primeiro eu simplesmente amo!! Foi o segundo penteado que aprendi com tutoriais, e conheci através da comunidade ''Tutoriais Lolita'', que, aliás, tem um número incrível de links para penteados!





Seguindo, um penteado bastante popular no Japão, uma trança na franja! Aliás, nesse tutorial, são duas tranças!
 Também da mesma menina do vídeo acima!



Cabelo curto? Cachos? Sim!!
Os dois vídeos abaixo são muito parecidos, mas trazem duas versões diferentes: a primeira, mais 'comportada'; já a segunda, mais ousada, porque o cabelo é penteado sobre os cachos, dando um aspecto mais abagunçado!






Este aqui dá uma ideia bem legal com trança! Pena que o resultado final não fica tão bom... Ainda sim, pode servir de inspiração!




Mais cachos! Olha que penteado super fácil e gracioso!!




O último de hoje, e o que eu mais gostei, é este, que eu já conhecia há tempos e que fica muito bonito! 
(E eu fiquei louca pelo acessório de cabelo da menina!! XD)



     É isso então!! Espero que algum desses tutoriais possa ser útil para você!!
     Ah! Você pode aproveitar e dar uma olhadinha no post sobre acessórios de cabelo vintage aqui do blog! Quem sabe você não se inspira? É só clicar na imagem abaixo!! ^^


Até a próxima!!

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Reciclando livros velhos!

Boa noite!
Como vai você?     

     Lembra daqueles tutoriais de bolsas feitas com livros, postados há um tempinho atrás? (Se não, clique aqui!) Pois é! Andei navegando pela net e descobri muitas outras ideias geniais para transformar aquela enciclopédia desatualizada ou livro super castigado! Dá uma olhada no que eu separei!

     Ah! Basta clicar sobre a imagem para ser direcionado às postagens originais! Alguns dos itens possuem tutoriais!




 Estantes de livros, mesas e outras ideias no blog  Home Boxer!





Que tal sua própria estante de livros invisível?!
Tutorial muito popular e disponível no site Instructables.com!





Esses lindos porta-retratos são feitos pela artesã Amy J!
Para ver mais ideias criativas, por favor, visite seu blog: Amy J Delightful!




Livros ocos podem ser muito versáteis! Podem ser usados como caixa de joias ou, como no modelo acima, um lugar para guardar coisas mágicas!! Tutorial disponível no site Mommy Blessings!



Tenho que confessar que essa é a minha ideia preferida: um livro-relógio!!
Ideia do site Ruffles and Stuff, com tutorial!


    Se você gostou das ideias, vá ao sebo mais perto e boa sorte com futuros projetos!!

     Até a próxima!!

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Inspiração do dia!

Dolly Kei!!!

Amo!!! *-*






Fotos do Tumblr Dolly Kei!

Recipe Book: Waffles de frigideira! Versão Sayaka ^^


     Para comemorar o dia do amigo, mês retrasado, eu queria fazer algo diferente! Há poucos dias eu havia comido, pela primeira vez na vida, waffles, e resolvi tentar fazer!!
     Claro que eu não consegui uma receita só... Porque na internet, né, tem um monte!! E, mesmo que eu pudesse perguntar à minha avó, decidi tentar adaptar minha própria receita! 
     O resultado? Ficou muuuuuuuito parecida à da "vó"! Com exceção que eu não tinha a assadeira dela, que polpa um trabalhão e já deixa os waffles no formato fofo de coraçãozinho!! Mas tudo bem!! Vamos à frigideira, que todo mortal tem, nem que seja só para fritar ovos!!

     Minha versão! Waffles de frigideira!! o/
     
     Ingredientes:
 2 xícaras de farinha de trigo
 2 colheres de chá rasas de fermento químico em pó
 1 xícara de leite
 3 ovos
 1/2 xícara de açúcar

     Modo de preparo:
     Peneirar a farinha e o fermento juntos. Bater os ovos com açúcar e o leite na batedeira e ir acrescentando, aos poucos, a farinha com fermento. Após, em uma frigideira untada com um fiozinho de óleo vegetal, e pré-aquecida, despejar a massa líquida e, com ajuda de uma escumadeira, ir verificando o quanto está dourando - igual como fazemos com panquecas! ^^
     Por fim, você pode peneiras açúcar de confeiteiro ou chocolate em pó sobre os waffles!! Ou ainda, acompanhar com geleia, nata, requeijão... E uma boa xícara de chá ou chocolate quente! Fica uma delícia! 

     Rendimento:
     Cerca de 15~20 waffles pequenos (frigideira pequena)

     E, antes que me esqueça: não, eles não ficam crocantes! Importante ressaltar, porque, a aparência dele, em fotos, é justamente essa, não? Eu, pelo menos, não conheço waffles crocantes! Tanto o meu, quanto o da minha avó, são mais, como dizer? Tipo borrachudinhos! Mas muito gostosos!!

     Ah! E é possível fazer "desenhinhos" com a massa! Viu a foto que abre o post? Fiz em forma de coração (e também em espiral!! *-*)!! 

      Bom, até a próximaaaa!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Inspiração do dia: reflexões e "Sem título, sem solução; sem conclusão"


     Nessas andanças que fazemos pelo mundo, é realmente compensador quando encontramos algo nos inspira, que nos dá vida, que nos faz pensar, e nos modifica, a tal ponto, que não podemos retornar ao que fomos há apenas poucos minutos atrás. 

     Venho, por sinal, falando e pensando e escrevendo muito sobre essa "transformação", esse momento único que nos eleva, que nos transmuta, talvez porque consiga, mais que nunca, percebê-la, tocá-la, senti-la, ser. Tenho me deparado com textos e músicas e pessoas que me abrem novos horizontes, e me fazem chegar à conclusão, sem ser piegas, de que nunca vou parar de aprender, e que nunca vou parar de me surpreender, e que nunca vou parar de crescer.

     Isso é realmente bom. É gratificante. É grande demais. E maravilhoso ao extremo. 

     Que eu nunca me canse de me admirar com o que há a minha volta; que eu possa ouvir o que os outros tem a me falar, intencionalmente ou não; que eu possa fazer jus a essa luz que sinto dentro de mim, e que me dizem que eu emano. E que eu possa, através dela, ajudar aos outros, e me conhecer por meio dela. E evoluir. E pensar nesse caminho que trilho não como um fim, mas como uma forma maravilhosa de alcançar coisas que jamais pensaria/penso/pensarei conhecer, e, poder chegar, através dele, àqueles que estão destinados - ou não - a me encontrarem. 

     E então, fui/sou/serei feliz.




     O texto abaixo é de uma moça que tem um dom maravilhoso de transformar pensamentos e sentimentos em palavras! E, através delas, de fazer aos outros refletirem.  Tenho a possibilidade de estar aprendendo muito com ela, e, assim, compartilho com você as linhas abaixo.

    E espero que possa ser inspirador de tal forma que seu dia seja lindo!



Sem título, sem solução; sem conclusão




     Na ânsia de escrever, me perco. Perco-me de mim, do mundo, de convenções e pré-conceitos. Por instinto ou propositadamente, me dispo de tudo que me esconde ou disfarça. Vejo-me e mostro-me nua e crua, assim como a verdade que tanto procuro. Despeço-me de preconceitos, desprendo-me de paradigmas e dou olá ao voo da liberdade. Despeço-me deste Mundo, desta anulação, dessas idas e vindas, e até de ti. E de mim também.

     Recuperada - se é que se recupera, e não se retorna - de tal viagem, jogo ao mundo o que apareceu. Em meio a isso, claro que aparecem erros de digitação ridículos, e pensamentos confusos, talvez. Os primeiros corrijo quando noto-os, os segundos faço questão de deixar como estão - ou melhor, como são -, pois sinto que neles está impressa minha alma.Palavras, palavras, palavras. Não sei me resumir. Se resumir é cortar, tirar, e procuro o inteiro. Acabo que também me perco, em meio a tantas palavras, e de alguma forma encontro a mim no fim da viagem.

     Acho que se perder é necessário, até para poder se achar depois.




Texto de Alice, originalmente disponível em seu blog, 

Inspiração do dia: "A Small Measure Of Peace"



Hans Zimmer, aquele que eleva minha alma com sua música...






segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Inspiração do dia: Sobre "uma resposta capaz de mudar o mundo"...

        Existem vários corações batendo dentro do peito de um ser humano. 
Corações de éter, de neve, de inverno, de gelo. Corações frios em busca de sentimentos que os aqueçam baseados em sentimentos muito mais fáceis de ser cantados do que realmente sentidos. De manifestações humanas que extrapolam o conceito científico e promovem sensações e entendimentos que aproximam aquele que é criado de seu Criador.
 Essas sensações nascem primeiro da dúvida promovida pela dor e fazem o mundo parecer menor do que é. E fazem também parecer a vida desse tamanho. Entretanto, nenhuma pessoa deveria acreditar que existe tamanho para a vida, ou um tamanho para o mundo, ou para a energia que move esse mundo.
 Pois o homem sobrevive através do trabalho, mas vive através do sonho. 
 E o sonho nasce de sentimentos que só podem ser despertados através de uma busca. São sentimentos que nascem de uma resposta para uma dúvida que assola cada criatura oriunda de uma criação. Uma dúvida pela qual alguns homens poderiam morrer. 
 E muitos outros poderiam viver.
 Mas quem seria capaz de morrer, ou viver, por uma pergunta e uma resposta? A resposta: depende da pergunta. 
Mas depende muito mais da própria resposta. Uma resposta de uma dúvida ansiada por mortais e por semideuses. Uma resposta procurada por criaturas e por criadores, em diversos locais onde ela não está.
Uma resposta capaz de mudar o mundo.

Quantas guerras serão necessárias para que tenhamos um pouco de paz? 

Uma. No fim de todas as contas, será preciso apenas uma. Em longas trincheiras rodeadas por egos humanos.

Dentro de cada um dos nossos mais diferentes corações.

Raphael Draccon em Corações de Neve, p. 494-495.

domingo, 4 de setembro de 2011

Inspiração do dia!

Ave Maria
F. Schubert

Maravilhoso dueto de Hino KahokoTsukimori Ren, do anime "La Corda D'Oro".



     Caso você tenha interesse, pode baixar as partituras de Ave Maria, na versão do anime, transcritas por Patrick Castro:

    Há também uma transcrição para viola e a versão original para violino e piano neste post!

sábado, 3 de setembro de 2011

Inspiração do dia: Ynari, o homem pequenino e um diálogo para a vida!

     O trecho abaixo, um diálogo entre uma menina e um certo homem pequenino, faz parte do encantador conto africano "Ynari, a menina das cinco tranças", contado pelo premiadíssimo escritor angolano Ondjaki, referência em literatura infantil, e ilustrado, na versão portuguesa, pela super talentosa Danuta Wojciechowska

~ Que ambos possam tocar o seu coração! 
E inspirar não apenas o seu dia, mas sua vida!~




[...]

— Sabes, esta noite tive mais um sonho.
— E queres contar-me? — sentou-se o homem pequeno e mágico.
— Sonhei primeiro com um velho muito velho que explica o significado das palavras.
— Sim, sei quem é.
— E ele explicou-me o significado da palavra "permuta"... Mas eu também queria perguntar coisas sobre a palavra "guerra". Eu até sei como usam essa palavra, mas... para que serve a palavra "guerra"?
— Sabes, Ynari, embora eu não seja o velho muito velho que explica o significado das palavras, também eu tenho guardado no meu coração o significado de algumas palavras. E eu acho que a palavra "guerra" não serve para nada!
— E a palavra "explosão"?
— Eu acho que a palavra "explosão" só devia ser usada noutras situações, não em situações de guerra.
— Em que situações? — perguntou Ynari, enquanto olhava para o rio, porque os peixes já saltavam, já tinham acordado.
— Queres pensar comigo? — disse o homem pequeno e mágico.
— Começa tu — pediu Ynari.
— Então, eu acho que a palavra "explosão" podia ser mais utilizada entre as estrelas. Quando elas chocam, nós aqui no planeta Terra vemos uma coisa linda acontecer no céu...
— Ah!, que bonito — exclamou Ynari. — E uma "explosão de alegria", pode ser?
— Claro! — riu bem alto o homem pequeno e mágico. 
— E uma "explosão de cores"?
— Também... Também pode ser.     
     Estiveram um bom tempo em silêncio observando os peixes que nadavam e os pássaros que voavam. Realmente, quando se sabe ver as coisas simples da vida, descobre-se que o mundo é muito, muito bonito.

[...]



Fragmento do texto e ilustração disponíveis na internet.
Se você quer conhecer mais sobre o autor, por favor, acesse este espaço: http://www.kazukuta.com/ondjaki/ondjaki.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...