quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Mori Girl, Dolly Kei e Lolita: O que os faz relacionáveis?


     Semana passada, li este post da Ichigo que me deu a ideia de colocar aqui no blog uma tradução que fiz há mais de ano para o Fórum. Ela está respondendo ao "Desafio de 52 semanas lolita", e a primeira postagem foi sobre, na opinião dela, qual seria a próxima tendência para a moda. 

     Eu fiquei super feliz quando li que ela acha que mori girl pode estar ganhando força em lolita e lembrei de uma série de 4 artigos do falecido "Tokio Factory, Fashion And Art", que justamente buscava observar o que poderia haver de relacionável entre mori girl, dolly kei e lolita e quais seriam suas especificidades. Traduzi dois deles, e o primeiro é...

Mori Girl, Dolly Kei e Lolita: comparação e tentativa de esclarecimento
Parte 1: O que os faz relacionáveis?


     Para o novato, é certamente difícil fazer diferenças entre alguns movimentos da moda japonesa. Natural Kei, Lolita, Mori Girl, Dolly Kei, Antique Style... No entanto, se onde os não-japoneses podem ver apenas semelhanças – e esses movimentos efetivamente têm muito em comum – cada uma dessas silhuetas e estilos tem suas próprias características especiais. Comparações entre três estilos que adquiriram fama no exterior do arquipélago começaram a ser feitas a despeito de pertencerem a uma forma alternativa de se vestir: Mori Girl vs Dolly Kei vs Lolita.


     Na moda japonesa, é preciso saber que dois grupos gerais mantêm dois diferentes tipos de mercado, que nós podemos resumir a duas diferentes áreas se quisermos fazer isso de maneira simples e mais simbólica. Akamoji kei (赤文字系 – grupo “palavras/letras vermelhas”) é relacionado a um jeito mais adulto e agressivo de se vestir e poderia ser (sem entrar em detalhes) ligado à moda de Shibuya. A imagem é alegre, feliz, um tipo mais “big sister”, e mesmo sexy, quando em referência às lojas de departamento “109”. É representado em revistas como JJ, CanCam, Vivi... Este ano, sua nova tendência primavera-verão é baseada no estilo marinho.

     Aomoji Kei (青文字系 - grupo “palavras/letras azuis”) poderia ser relacionado à moda de Harajuku (para resumir de modo simples, mas também pode ser ligado a Shimokitazawa, Kouenji...). A imagem é associada a uma atmosfera suave e calma, com meninas dando uma impressão de transparência, timidez, um jeito mais natural de se vestir... O aomoji kei é também particularmente relacionado ao vintage e ao antigo, radicalmente o oposto do akamoji kei, que seria mais moderno. Em termos de revistas, é representado por Fudge, SO-EN, CUTiE (para a qual Hitomi, da Grimoire Almadel, está modelando). Originalmente, o nome desses dois grupos aparentemente veio das cores usadas nos títulos. Mori Girl e Dolly fashion são parte desse segundo grupo. Lolita e Gothic Lolita fashion são algo à parte e, por consequência, provavelmente admitidas como pertencentes a uma moda underground.




Mori Girl, Dolly Kei e Lolita: o que os faz relacionáveis...

     Naturalmente, os estilos Mori Girl, Dolly e Lolita têm pontos em comum, uma vez que sua inspiração é a velha e fantasiada Europa. Suas aparências, tão extremas como são capazes de torná-las, brincam com uma impressão de sentimento de mistério em Mori Girl e Dolly Kei, e uma atmosfera gótica e de boneca em Lolita e Dolly Kei. Provavelmente esse é o porquê de Dolly Kei – que nasceu certamente entre 2007 e 2008 – ser visto como uma fusão de Mori Girl e Lolita.

     Mori Girl e Dolly Kei usam vintage e, algumas vezes, até mesmo antiguidades para suas silhuetas. Esses estilos têm uma especial atração para estampas florais vintage, por peles de animais. Gostam de acessórios feitos à mão, usando flores, relógios de bolso, colheres e espelhos de mão. Porém, Dolly Kei torna as cores suaves em algo aparentemente mais gasto e, às vezes, mórbido, usando, por exemplo, animais mortos e ossos. Os admiradores de Mori Girl e Dolly Kei valorizam seus itens vintage, pois para eles não são simples roupas; avaliam o tesouro de possuir essas peças de coleção, do tipo que, se você perder, nunca mais terá de volta. Porém, enquanto Mori Girl brinca com uma aparência pura (usam fios de algodão, cores claras), Dolly Kei irá preferir um visual antigo e rústico (azul, vermelho e verde profundos, off-white...). Esse é provavelmente o feeling vintage que faz Mori Girl e Dolly Kei como uma espécie de parentes, embora sejam realmente distintos.



     O ponto em comum mais apelativo entre Dolly Kei e Lolita é um pronunciado gosto pelo gótico – Lolita – do nosso ponto de vista não há energia sem o Gothic Lolita e uma especial atração pelos antigos contos europeus, que se você leu em suas versões íntegras, há muito de gótico. Um evento “Vampire Night” é uma ocasião para garotas Dolly e admiradores do Dolly Kei se encontrarem. Eles usam cruzes (embora Mori Girl também use rosários, um acessório que se tornou bastante popular desde o último inverno e que você pode ver quase em qualquer lugar), sapatos de madeira alados – Dolly Kei os pegou emprestado da moda Lolita, inspirados pelos Rocking Horse Shoes de Vivienne Westwood (introduzidos pela primeira vez em 1988 para o desfile primavera-verão “Britain Must Go Pagan”), por sua vez, sapatos inspirados nas tradicionais sandálias japonesas “geta”. 

     Dolly Kei circula eventualmente em uma atmosfera mais estranha e mágica (“Grimoire”, o livro de feitiços, acessórios em forma de pequenas garrafas de poção com ossos de animais dentro). Dolly Kei e Lolita requerem uma maquiagem culta e sofisticada, usando lentes de contato e cílios postiços (quase que provavelmente lentes de contato “Dolly” e cílios para Dolly Kei). Usam saias e vestidos com volume (mas quase sem anáguas em Dolly Kei), blusas com amarração como em espartilhos (ainda que Dolly Kei pareça mais inclinado a vestidos de corte “Directoire”. Compartilham o mesmo gosto pela Europa da Idade Média, mas Lolita pareceria mais como um tipo de silhueta princesa e é realmente modernizada, enquanto Dolly estaria mais próximo a um tipo mais antigo de moda, um outfit diário.

     Se nós observamos os pontos comuns entre essas três modas, poderíamos, de preferência, aprender a distinguí-las. Os ocidentais têm o hábito de ficar comparando e colocando tudo no mesmo plano; os japoneses, ao contrário, gostam de fazer distinções, colocar um nome em cada tendência e movimento diferente. E, realmente, essa é provavelmente a razão de porquê sua moda continua sendo tão rica e interessante. 


Créditos:
✰ Original (texto e imagens): Mori Girl, Dolly Kei and Lolita Fashions – Comparison and attempt of clarification (Part 1) – What makes them related?
✰ Postado em: Tokio Factory, Fashion And Art (link quebrado)
✰ Tradução: Sayaka Hime

2 comentários:

  1. Olá adorei o post foi praticamente uma aula, pelo menos pra mim que estou conhecendo agora todos esses estilos! Parabéns!!! :D

    ResponderExcluir
  2. Olá, Sawako!

    Que bom que a tradução foi útil!! Eu gosto muito desse artigo porque, assim como você, também acho que é praticamente uma aula, de tanta informação!

    Obrigada por comentar! ^^

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...