sábado, 13 de abril de 2013

Um amor que começou no verão: Hotarubi no mori e

     Um mês exato sem postar... A vida anda mesmo uma correria, não é?!

     O que eu mais gosto quando estou extremamente esgotada é encontrar pequenas 'recompensas' na internet. Explico: depois de voltar do trabalho ontem ~ e trabalhar mais um pouco em casa, afinal, quem nunca? ~ liguei o computador decidida a me presentear com uns minutinhos de descanso. 

     Na semana passada, havia me deparado com diversas imagens no We <3 it sobre uma animação japonesa e fiquei bastante interessada. Salvei o link do Anitube ~ que recomendo loucamente, afinal, os vídeos apresentam boa resolução e tem legendas em português ou dublado ~ e pude, finalmente, ontem, me estasiar em frente a uma das histórias mais delicadas e emocionantes que já tive a oportunidade de assistir: "Hotatubi no mori e".



"Hotarubi no mori e"
Título original: 蛍火の杜へ/também conhecido como 'Into the forest of fireflies light'
País de procedência: Japão
Ano de lançamento: 2011
Gênero: Animação/Drama/Romance
Duração: 44 min
Estúdio: Brain's Base
Roteiro (ideia original): Yukihiro Shibuya
Direção: Takahiro Omori
Produção: Akira Aoki, Yukio Kawasaki, Makoto Nakamura e Koichiro Natsume
Trilha sonora: Makoto Yoshimori
Direção de arte: Yukihiro Shibuya

Breve resumo da história:
     Todo o ano, Hotaru vai passar o verão na casa de seu tio. Quando tinha 6 anos, a menina acaba se perdendo na floresta aos arredores e é encontrada por Gin, um jovem que diz ser um espírito que lá habita. Ele a ajuda a achar o caminho de volta e Hotaru promete voltar para retribuir sua gratidão. Nisso, inicia uma grande amizade, que se fortalece a cada verão.

     O maior 'problema' na relação entre Hotaru e Gin é que ele não pode ser tocado por humanos, pois seu corpo está sob efeito de um encantamento conjurado por um dos seres da floresta. Quando Hotaru era criança, essa situação gerava cenas engraçadas. No entanto, conforme o tempo passa e ela amadurece, começa a se tornar uma condição frustante, tanto para Hotaru como para Gin, uma vez que desenvolvem fortes sentimentos um pelo outro.



     Cativar, crescer, amar...

     A história de "Hotarubi no mori e" é comovente porque traduz em imagem o amadurecimento do corpo, da mente e dos sentimentos. É o tipo de enredo que encanta pelo reconhecimento dos pequenos ritos de passagem em Hotaru, das (auto)descobertas, medos, inseguranças, certezas. 

     Gin também não foge da regra: é o arquétipo do personagem que se modifica, que é transformado pela presença de Hotaru; um ser que viveu por muito tempo sozinho, e que compreende o tempo de forma diferente. Hotaru lhe traz a possibilidade de experimentar a amizade, a cumplicidade, a felicidade, a espera, a frustração, a nostalgia, o amor... E a capacidade de decidir em meio ao dilema que vivem.


     Quem quiser e tiver um tempinho, deixo aqui o link para assistir no Anitube e descobrir por si mesmos os sentimentos que essa animação deseja suscitar em você!

     E, se você já viu, o que achou? Compartilhe suas impressões nos comentários! Vou ficar feliz em ler e responder! Ah, e sinta-se à vontade para indicar animações! São bem-vindas!!

     Para encerrar, uma música lindíssima da trilha sonora, cuja letra, na minha opinião, exala a mais perfumada essência de poesia!
     Até a próxima!



10 comentários:

  1. E eu achando que você tava abandonando o blog u_ú Não pode, viu?

    Faz tanto tempo que não assisto animes (ou mesmo animações em geral) >: Esse parece interessante, vou ver se pego algumas coisas pra assistir no feriado :D

    Te indiquei pra um meme :)
    http://reinodemorango.blogspot.com.br/2013/04/tag-meus-5-favoritos.html

    ResponderExcluir
  2. Huashuashuash!! Ok, então! xD Vou lembrar disso!

    Fazia muito tempo também que não assistia animações, mas me empolguei após, finalmente, conseguir ver Arrietty, há duas semanas atrás. E Hotarubi tinha imagens tão bonitas que não resisti! Acho que você vai gostar! É bonito tanto pelo traço quanto pela história.

    E obrigada pela tag! Um amorzinho de respondê-la! Está praticamente pronta ~ faltam apenas duas fotos!

    ResponderExcluir
  3. Parece uma história muito fofa *-*

    vou assistir com certeza =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kelly, é um enredo belíssimo! Você não vai se arrepender! ^^

      Excluir
  4. Assisti e chorei, obrigado pela indicação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vitória!

      Ah, pois é: não chorar com tantas emoções envolvidas nessa animação é impossível, não é?!
      Fico feliz que tenha curtido a indicação!
      Até a próxima! <3

      Excluir
  5. Esse filme destroçou o meu coração. Foi a coisa mais linda que eu já tive o prazer de ver, mas é uma beleza tão triste...

    Não consegui parar de chorar até agora.

    ResponderExcluir
  6. Estou chegando à conclusão que japoneses manjam MUITO bem das tramas bettersweet... Ainda não consigo falar sobre esse filme sem ficar com aquela ardência na garganta. É lindo, mas ele faz picadinho do seu coração e ainda joga os pedaços para o ar!

    Obrigada pelo comentário, Valéria! ^^

    ResponderExcluir
  7. eu assisti tipo umas 7 vezes e em todas as vezes eu chorei :'( até o meu pai chorou comigo .. esse filme é muito lindo , eu super recomendo ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emely, é inevitável, né?! Eu gosto demais dessa história, mas tento evitá-la em dias em que já me sinto meio deprê, porque a tendência é de ficar com aquela sensação 'cortar os pulsos'! Mas é belíssima! Poética, com vida própria! <3 Quanto mais pudermos recomendar, melhor! É legal poder fazer com que outras pessoas conheçam e apreciem ideias e enredos diferentes!

      Obrigada por comentar! ^^

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...