quarta-feira, 13 de março de 2013

Desafio Mori Girl de 30 dias ~ Dia 14

14) Você gosta de coordenar cores no seu outfit para combinar com as estações? Que cores você pensa serem mais apropriadas para cada estação e por quê, se você quiser explicar.

            Adoro todas as cores em mori girl – ok, fosforescentes não! Não procuro combiná-las em função da estação, mas não nego que as influências das tendências são inevitáveis, principalmente no quesito estampas, já que compro roupas em lojas de departamento. Também não faço questão de combinar... Acho pouco criativo estabelecer paletas de cores de acordo com as estações. Quem disse que outono combina mais com cores terrosas?! Eu visto o que gosto, sem maiores intenções além da principal: me sentir bem!


sábado, 9 de março de 2013

Meme blogueiro


     Recebi esse meme da Ichigo, e agradeço pela indicação: é sempre legal poder respondê-los! Obrigada por lembrar do blog! :3


REGRAS
Um blog faz uma tag com perguntas e tagueia outros 10 blogs. A regra é nomear blogs com o menor número de seguidores para nós criarmos um relacionamento e nos conhecermos.

1 - Como escolheu o nome do seu blog?
     O blog surgiu com a intenção de socializar diagramas de origami, que estavam ocupando uma parte bem grande de pastas no meu computador! xD Como eu havia decidido que assinaria as postagens como Sayaka Hime ~ o nome vem de uma das bonecas kokeshi da estante do quarto ~, achei que combinaria criar um nome para o blog que atendesse a uma atmosfera oriental. Pensei em várias possibilidades ~ incluindo "palácio", "pétalas", "cerejeira" ~ até chegar a uma fusão que gostei: sakura, uma flor emblemática e relacionável à Ásia, e minha cor preferida, verde, midori em japonês. Daí, Midori Sakura.

2 - Quanto tempo se dedica ao blog?
     Não tenho horários definidos: posto quando quero, quando há algo para postar. Às vezes, rola hiatus de um mês; outras, há 3, 4 postagens em uma semana. Não tenho neura!

3 - Já teve algum problema com comentários de anônimos no blog? O que?
     Não que eu lembre... Acho que o "maior", por assim dizer, foi o de uma pessoa que fez propaganda do próprio livro nos comentários, com cara de pau suficiente para colocar link e tudo. Deletei na hora. De boas, mas eu não preciso suportar esse tipo de coisa no meu espaço, né? Fala sério!! xD

4 - Pretende mudar algo no blog em 2013?
     A princípio, não. Até pensei em mudar os botões que uso como guias, mas mudei de ideia ao lembrar como empreguei tempo selecionando as imagens e colocando tag nas postagens para funcionarem direitinho. Sei lá, fico com pena, me apego mesmo!

5 - Já ficou sem inspiração para postar? Como superou isso?
     Não. Sempre tenho algo em mente. E, se não estou trabalhando em algo em específico, assuntos aleatórios pulam da tela quando viajo pelo Tumblr, Pinterest ou Google Images mesmo. Também sempre tenho meia dúzia de postagens iniciadas, só esperando pela conclusão!

6 - O que gosta de fazer quando não está no computador?
     Quando não estou no computador ~ pesquisando materiais para o trabalho, na maior parte das vezes ~ , estou trabalhando de fato, então... Mas claro que há tempinhos vagos! Eu gosto de ler, fazer cursos de fotografia, criar outfits, escrever, fazer compras. Também gosto de dedicar momentos à minha religiosidade ~ ainda que meio indefinida, mas ok! Acho muito proveitosas as palestras a que assisto em uma Casa Espírita que comecei a frequentar no ano passado. Acredito ser uma forma interessante de estudar e conhecer visões e explicações diferentes das que tenho.

7 - Quantos livros lê por mês?
     Também não tenho um número certo... Preciso confessar que, depois que comecei a trabalhar, não consegui mais coordenar meu tempo para parar e ler. Junte isso ao fato de não estar dando sorte para os títulos. Aí sim, as histórias se estendem forever and ever, e eu acabo desistindo. Meu consolo: eu leio MUITA literatura infantil; meu grande fascínio são os contos folclóricos! <3

8 - Quantos blogs visita por dia?
    Costumo visitar os blogs que tenho em minha lista de leitura, conforme as postagens vão atualizando. Não tem um número ou média.

9 - Qual blog visita todos os dias?
     Sempre visito ~ não todo dia, né, mas, com maior frequência ~ o Le Café, Reino de Morango e Suit Kingdom. Com menos frequência, mas ainda relevantes, Cavaleiro Andante, do queridíssimo escritor Celso Sisto, e Flamingo Toes.

10 - Quanto tempo está na blogosfera?
     Há dois anos. Fico muito feliz com o reconhecimento que venho recebendo ao ser mencionada em blogs de pessoas que admiro, como Ichigo, Rika, Alice e Chadias, e também com cada comentário carinhoso e incentivador registrados! Muito obrigada a cada um dos meus queridos 100 seguidores! o/

11 - Você se inspira em outro blog? Qual?
     Eu sempre busquei caprichar nas postagens, tanto no conteúdo como na estética e, conforme fui lendo blogs como os das meninas que citei anteriormente, isso criou em mim uma responsabilidade ainda maior para escrever bem, porque elas, à sua maneira, organizam com excelência cada postagem, associando de forma muito interessante uma parte um pouco mais "didática", digamos, à opinião pessoal. Isso é importantíssimo e admiro muito! Seus textos são inspiradores, tanto pelo valor de trazerem informação como quanto de refletirem a si mesmas, de referenciarem à sua própria maneira de pensar!

Indicações (apenas duas, mas 'tá' valendo, não?!)
Bug And Bunny

     É isso! Até a próxima! ^^

sexta-feira, 8 de março de 2013

Desafio Mori Girl de 30 dias ~ Dia 13



13) Que filmes inspiram seu visual e vida mori girl?

            “Tada kimi wo aishiteru” e “Mary stayed out all night” inspiram, independente de qualquer desejo de viver uma “vida mori girl”, alguns pensamentos, minhas ideias para fotografar e forma de vestir, respectivamente.




quarta-feira, 6 de março de 2013

Meme: Como você encontrou a moda lolita?

     Estava olhando a postagem mais recente do "Minha Estrada de Pérolas", o blog da minha querida amiga Ju Lee, e fiquei mega feliz porque ela me indicou para responder ao seguinte meme:


Como você encontrou a moda lolita?

Regras:

✰ Conte para nós como você conheceu a moda Lolita. Se possível a primeira imagem que você encontrou/ do dia que viu alguém usando, etc;
✰ Só faça se te indicarem para fazer;
✰ Diga quem te indicou;
✰ Repasse para mais três lolitas.

     Let's go!

     Eu conheci a moda lolita em um evento de anime na minha cidade, em 2010 ~ diga-se de passagem, foi o primeiro e último que fui até então. Uma menina, com uma saia rosa antigo e de formato diferente, chamava a atenção das pessoas, tanto pela roupa, quanto pelo 'comportamento' meigo. Se não me engano, ela segurava uma plaquinha, e bastante gente pedia para tirar fotos com ela.

     Pensando agora, ela estava usando um casual casualíssimo, e foi a única lolita que vi em todo o evento. O engraçado ~ ou estranho ~ foi que, ao vê-la, a palavra 'lolita' me veio à cabeça. Eu, até hoje, estou tentando entender como eu poderia classificar um estilo que, ao que lembre, jamais tenha pesquisado ou visto anteriormente, até porque meus acessos à internet nunca foram lá grandes coisas e minhas buscas, em nenhum momento até aquele dia, de alguma forma se direcionavam à moda.

     Como eu acho ruim postar uma foto sem autorização, não vou colocar a imagem da menina. Em compensação, vou compartir com vocês algumas das primeiras imagens que vi e dream dresses desses dois anos e meio que venho acompanhando a moda! ^^

Eu ia colocar um combo BL + Fanplus, mas não queria matar vocês.
Claro que existem peças usáveis das referidas, mas, com certeza, não são as primeiras que vi.

A Maxicimam foi uma das primeiras brands que descobri. E acredito que esse jsk tenha beirado ser meu primeiro dream dress ~ eu não consigo me lembrar com certeza qual foi o primeiro! D:


     Na internet, eu conheci lolita pelo subestilo sweet. 'Colecionei' várias fotos de vestidos da AP nessa época. No entanto, quando pensei em fazer um outfit, comecei a prestar atenção mais especificamente em sailor e punk, dois subestilos que, pelo que sabia, compartilhavam apenas das meias listradas xD. Foi quando descobri o site da Putumayo e as peças sailor da Metamorphose.



     Conforme fui lendo, conferindo sites de brands e vendo scans de revistas, meu gosto começou a mudar. Do sweet, punk e sailor, eu tive um caso de amor com o hime, e aí posso dizer, sem sombra de dúvida, que um dream dress ~ que permanece sendo até hoje, ~ é este modelo, da Atelier Pierrot. Eu já estava me encaminhando para minha atual preferência, o classical.



      Chegando ao meu casamento, então! xD Classical, simples assim.
     De repente, comecei a perceber que, claro que eu podia achar algo bonito, mas que, não necessariamente, esse algo iria combinar comigo. É o caso do punk, que continuo achando incrível, do sweet, que permanece a coisinha mais fofa e delicada... nas outras pessoas! Entendi que não precisava mais ficar triste por não sentir que o subestilo que eu gostava não era compatível comigo ou com o momento que me encontrava. Eu poderia encontrar um com que me identificasse. A resposta foi o classical. Veio, então, a era Victorian Maiden e mais dream itens, dentre os quais, meu eterno amor...

♥ ~ Rococo Yoke OP ~ 


     É isso, então! Indico esse meme a duas meninas, que acho que ainda não o responderam:
     ✰ Ell ~ Bug and Bunny
     ✰ Alice ~ Suit Kingdom
     
     Até a próxima! ^^

terça-feira, 5 de março de 2013

Ideias de acessórios Dolly Kei

     É sempre bom encontrar ideias interessantes de acessórios pela Internet, não é?!

     Ontem à noite, enquanto procurava por um diy para pingentes de seda ~ novamente!, fui vendo várias imagens de crafts super bonitos, e decidi fazer uma postagem reunindo vários itens que achei que combinavam com atmosfera dolly kei. Quase todos têm tutorial e basta clicar sobre as imagens para ser redirecionado ao site de origem.

❀ Colares 







❀ Tiara inspirada em coleção de DG 



❀ Lenço



❀ Anéis



❀ Brincos



❀ Pulseiras



❀ Bolsas
tutorial disponibilizado em Swellmayde


     Por hoje, era isso! O que você achou?!
     Espero que o post possa servir de inspiração e que lindos tutoriais sejam úteis!

     Até a próxima! o/

sábado, 2 de março de 2013

Recipe Book: Hoddeok, as famosas panquecas doces coreanas

     No início deste ano, decidi estudar uma língua estrangeira, a fim de vivenciar a aquisição e desenvolvimento da linguagem escrita em outro idioma.

     Ok. Depois de pensar, optei por um idioma que não tivesse similaridade ao português, tanto no que se refere à grafia como à organização: o coreano. Isso torna a aprendizagem e a experiência muito mais  desafiadora!

     Mas, o que é que os hoddeok tem a ver com isso? É que, conforme se vai estudando, é inevitável ir conhecendo e buscando vários aspectos relacionados à cultura da língua em questão. Não tardou para aparecerem, como exemplos de vocabulário e casos de ortografia, alguns pratos culinários coreanos famosíssimos. Um que me chamou muito a atenção ~ porque sou uma formiga e, né, são panquecas doces, blablablá ~, é este lindo aí:



     Deixa eu adiantar que essa foi uma das comidinhas mais gostosas que já preparei. Estava com muitas expectativas sobre o sabor, e todas foram superadas, porque é muuuuito bom!

     Pesquisei pela Internet uma receita e encontrei um site maravilhoso para quem gosta ou quer se aventurar pela cozinha oriental: Maangachi. Tem muita coisa boa por lá e pretendo tentar vários pratos! Especificamente para o hoddeok, você encontra a receita original neste post, que conta com um videozinho, para facilitar a nossa vida! o/

Receita traduzida e algumas considerações pessoais...

Hoddeok (호떡) ~ Panquecas doces com açúcar mascavo 

❀ Ingredientes:
1 xícara de água morna
2 colheres de chá de fermento biológico
2 colheres de sopa de açúcar
1/2 colher chá de sal
1 colher de sopa de óleo vegetal
2 xícaras de farinha de trigo
1/2 xícara de açúcar mascavo
2 colheres de sopa de nozes picadas
1 colher de chá de canela

❀ Modo de preparo:

Massa:
Coloque 1 xícara de água morna em uma tigela.  Adicione o açúcar, o fermento, o sal e o óleo vegetal e mexa bem. Acrescente a farinha de trigo e misture com uma colher ou com a mão.
Deixe a massa crescer. Ela deve ficar tampada, à temperatura ambiente, durante 1 hora.
Depois de 1 hora, a massa vai crescer para o dobro do seu tamanho. Sove-a para remover as bolhas da massa. Deixe crescer por mais 10-20 minutos.

Recheio (para 8 hoddeok):
Misture o açúcar mascavo, a canela e as nozes picadas em uma tigela. Dica: você pode usar queijo mussarela para o recheio. Invente seus próprios recheios com seus ingredientes favoritos!

Vamos fazer hoddeok!


❀ Amasse a massa novamente para remover as bolhas. Espalhe cerca de 1/2 xícara de farinha na tábua para cortar a massa. Coloque a massa sobre ela e amasse. Divida-a em 8 partes iguais.


Pegue uma das partes, acháte-a e coloque o recheio no meio, fechando-a em forma de bolinha. Repita este procedimento 8 vezes para fazer 8 bolas. Dica: use um pouco de farinha na tábua de corte para evitar que os dedos grudem na massa

Aqueça sua panela antiaderente em fogo médio e adicione um pouco de óleo vegetal. Coloque uma bola na panela e deixe cozinhar por 30 segundos. Quando o fundo da bola de massa dourar, vire-o e pressione a massa com uma espátula para fazer um círculo fino e largo (aproximadamente do tamanho de um CD). Deixe cozinhar cerca de 1 minuto até que o fundo esteja dourado. Vire-o novamente e abaixe bastante o fogo. Coloque a tampa na panela e deixe cozinhar mais um minuto. O açúcar mascavo enchimento do recheio irá derreter e formar uma calda!





     Quando tentei preparar a massa do hoddeok pela primeira vez, eu cometi um erro super básico: a temperatura da água para o fermento. O resultado? Matei a levedura ~ assassina! ~ e a massa não cresceu nada. Fiquei super desapontada. Ainda consegui, olha só, enquanto fazia aquele mimimi, deixar o pote plástico em que ela estava cair no chão, quebrando-o e, por pouco, não deu lambança na cozinha! xD

     Na outra vez que preparei ~ e, aí sim, deu certo! o/ ~ fiz algumas modificações básicas: além de prestar atenção à temperatura da água, coloquei a mistura de fermento, açúcar, farinha e sal (reduzido pela metade) para crescer ao sol. Achei que a massa, ainda assim, ficou um tantinho mole demais, e caprichei na hora de cortá-la, colocando bastante farinha sobre o local em que a abri.

     Tirando essa partezinha de preparar os hoddeok para assar, porque, para rechear, ficou complicado, uma vez que a massa abria ou colava na mão, 'fritá-los' na frigideira é facílimo. O cheiro que sobe quando a colocamos no prato para esfriar ~ o açúcar acumula muita caloria, portanto, cuidado para não queimar sua boca! ~ é de morrer. Para melhorar, ainda salpiquei canela por cima, e acho que todos os narizes da rua se voltaram para minha casa! xD Ah, também substituí as nozes por castanhas do Pará!

     Pretendo postar mais receitas em breve! 
     Então... Até lá! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...