sábado, 23 de abril de 2016

Tema do mês AF&L Blog Network ~ Abril: World Book Day

     Olá!!


     Post para o AF&LBN! Em abril, o tema escolhido por votação em nosso grupo foi "World Book Day"!

     Fiquei pensando como abordaria esse assunto, porque falar de livros é sempre muito bom. Então, lembrei da Ichigo Hime, do Reino de Morango: eu havia prometido à ela indicações de literatura infantil! Como dia 2 desse mês foi o Dia Mundial da Literatura Infantil e, dia 18, o Dia Nacional da Literatura Infantil, aproveitei e logo reuni alguns livros que ainda não apareceram aqui no blog para trazer como sugestões não apenas a crianças, mas para adultos também!


     Dois livros que eu leio muito com meus alunos são 'Lá vem história' e 'Lá vem história outra vez', de Heloisa Prieto, (lembra de um programa com título homônimo reproduzido pela TV Cultura?). Folclore mundial é uma grande pedida, e esses dois volumes fazem um apanhado de histórias de vários países!

     


 

     Dois autores brasileiros que trabalham de uma forma muito divertida alguns contos clássicos da literatura infantil são José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta. Em sua coleção Fábrica de Fábulas, a ideia é oferecer uma leitura interativa, em que a história pode tomar diferentes rumos a partir de alternativas que são dadas (como 'Joões e Marias' e 'Os oito pares de sapato de Cinderela') ou brincar com novas versões inventadas ('Chapeuzinhos Coloridos' e 'João e os 10 pés de feijão').

         

     


 

     Outra forma de livro que acho muito interessante é o que compara histórias semelhantes de culturas diferentes. Aqui, mais especificamente, falo de Lúcia Hiratsuka em 'Festa no céu/Festa no mar': contos do Brasil e Japão que explicam porquê o casco da tartaruga ser todo rachadinho!



 

     Seguindo na linha do folclore, se você quiser conhecer um pouco mais do Brasil, eu indico 'Meu livro de folclore: um punhado de literatura popular', de Ricardo Azevedo (na real, a maior parte dos livros de Ricardo Azevedo são excelentes nessa temática). Meu exemplar já está horroroso, de tanto que uso! Nele há contos, ditos populares, adivinhas, parlendas, bestiário... É uma leitura que gera espanto e risadas!



 

     Um gênero textual que não pode faltar nas estantes de crianças e jovens é a poesia! A estrutura desse texto é cativante e estimula a imaginação. Minhas indicações são 'Poesia na varanda', de Sonia Junqueira e 'A caligrafia de Dona Sofia', de André Neves.

     


 

     Não poderíamos esquecer também dos famosos livros de imagens - que, muito importante: não se valem apenas para crianças pequenas, viu?! Infelizmente, eu tenho apenas um: 'Mar de sonhos', de Dennis Nolan. Eu o apresentei durante uma pequena sequência didática em que estudamos algumas curiosidades relacionadas ao mar, e acho legal falar que a leitura desses livros pode ser bem interessante com música de fundo referente ao tema!



 

     Outro tipo de literatura que vem ganhando muita força são os ditos paradidáticos. São histórias que querem ensinar algum conceito ou ajudar a empregar conhecimentos prévios ou em construção sobre algo. 

     De autores brasileiros, acho ótimos Mary França, com os famosos e queridos "Pingos!" (que trazem introduções aos números, alfabeto, cores, estações... E textos curtinhos para crianças em processo de alfabetização), e Eva Furnari e sua escrita muito criativa em 'Os problemas da família Gorgonzola' e 'Problemas Boborildos', ambos explorando situações-problema em matemática.
     

     


     Já de autores estrangeiros, indico a coleção TanTan, da editora Callis, que publicou vários títulos maravilhosos, escritos por pedagogas e pedagogos sul-coreanos. Eles têm como objetivo ensinar conceitos matemáticos diversos através de histórias muito legais! Tenho aqui comigo o 'Uma incrível poção mágica', que traz colagens sobre formas geométricas.



 

     Para adolescentes, contos curtos, mais maduros, problematizadores, mas que não fogem de uma pitada de fantasia: acredito que Marina Colasanti seja uma grande opção! Aqui em casa, tenho 'Doze reis e a moça no labirinto do vento', no qual o famoso texto 'A moça tecelã' está incluído.



 

     Para aqueles que já mantém um hábito de ler histórias maiores, não poderia deixar de trazer aqui 'Onde a lua e a montanha se encontram', de Grace Lin. Esse livro é simplesmente incrível e traz uma protagonista feminina em um texto que segue a estrutura da jornada do herói. O crescimento da menina e a transformação dos demais personagens que aparecem ao longo do enredo, acrescido de lições sem teor explícito e condenatório (como os que encontramos nas fábulas) fazem dessa obra uma leitura mágica!

   


  

     Espero que essa seleção tenha sido útil! Mês passado, escrevi um post comentando as minhas últimas aquisições literárias. Caso não tenha visto, dá um pulinho aqui!

     Até a próxima! ~


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...